• Fernando Schell Pereira

Sacrifício de animais em discussão


Pai Clovis do Xangô defende que os rituais são realizados com respeito e gratidão ao animalFoto: Caco Konzen / Especial.

Proposta da deputada estadual Regina Becker Fortunati (PDT), conhecida por defender os direitos dos bichos, desagrada sacerdotes de religiões africanas.

O sacrifício de animais nas cerimônias de umbanda e cultos afros poderá ser proibido no Rio Grande do Sul, se for aprovado projeto de lei da deputada Regina Becker Fortunati (PDT). Sacerdotes umbandistas não gostaram da proposta e querem manter o ritual da imolação, enquanto entidades de defesa dos direitos dos bichos aprovam a iniciativa.

A parlamentar argumenta que o sacrifício não se justifica — "porque a humanidade cada vez se empenha mais na proteção dos animais e do ambiente". Lembra que outros rituais foram extintos, como a oferenda de virgens apunhaladas em altares e a imolação de cordeiros em troca de dádivas divinas.

— As pessoas evoluíram e podem expressar suas crenças sem mortes. Há outras formas de se manifestar a bondade, deixando a crueldade de lado — destaca Regina, que comandou a Secretaria Especial dos Direitos Animais na prefeitura de Porto Alegre.

Fonte: ZH

http://videos.clicrbs.com.br/rs/zerohora/video/vida-e-estilo/2015/02/sacrificio-animais-discussao/114604/

2 visualizações0 comentário